América Latina

Um amigo do primo do meu tio costumava, sempre que nos víamos, ter o requinte absurdo de dizer que, entusiamo e rompantes não eram bem vindos.

Hoje, velho como estou, remeto a ele porque, naqueles idos, seus assuntos, falas e pequenos discursos à mesa me revoltavam. Portanto, o entusiasmado era eu, jovem de 15 anos, que achava o boçal senhor era um idiota.

O tempo passa e, quem me conhece sabe, meu entusiamo é com livros, no mundo real, só algumas coisas e pessoas. Hoje concordo com o boçal, os entusiasmados devem retirar-se da discussão.

Eles devem acender as tochas, acumular pedras nos bolsos, deixar paus e pedras escondidos nas esquinas, guardar garrafas de vidro, comprar querosene no posto (ele é mais viscoso e gruda).

Os entusiasmados devem se preparar para uma revolução.

A impunidade vai imperar sempre na América Latina!

É da esquerda merda da América Latina esse latrocínio com as nações. Nenhuma dessas nações escapou.

Eles vem fazendo isso desde a besta apocalíptica do Simão Bolivar, que pasmem, não era um esquerdista.

Era só populista.

Esses esquerdistas latino-americanos, são latrocinas de nações, roubam o país, expropriam suas riquezas, depois matam a nação. Cito, para quem tiver paciência, um trecho do próprio Simão Bolivar, antevendo os frutos que havia semeado:

“…governei por 20 anos, e destes obtive apenas algumas certezas:

1 – a América do Sul é ingovernável, para nós;

2 -Aqueles que fazem uma revolução lavram o mar;

3 -A única coisa que se pode fazer na América Latina é emigrar;

4 -Estes países incrivelmente cairão nas mãos das massas desordenadas, e então passarão, de maneira quase imperceptível, às mãos de tiranos mesquinhos, de todas as cores e raças;

5 -uma vez que tenhamos sido devorados por cada crime e extintos por absoluta crueldade, os europeus nem sequer considerarão que somos dignos de ser questionados;

6 – Se fosse possível que alguma parte do mundo retornasse aos caos primitivo, seria a América Latina em seu estado final.”

Sem mais.

Raul de Freitas Buchi

1 thought on “América Latina

  1. Pingback:Latin America - RAUL BUCHI

Deixe uma resposta